Nem tanto, nem tão pouco

A medida que fui trabalhando meu estilo pessoal e praticando o desapego, percebi que o ponto-chave para estar satisfeita com meu guarda-roupas não está na quantidade de peças, mas no autoconhecimento e quão bem escolhidas foram as que estão ali dentro.

É claro que comprar um roupa nova, é muito legal. É como uma boa notícia que alegra o dia, enquanto as roupas que já temos são como recordações, o que significa que elas dizem muito sobre nós e não merecem ser desconsideradas simplesmente em detrimento de novas roupas.

Saber valorizar o que já está em nosso acervo há tempos é dar vazão à criatividade e a oportunidade de lapidar o estilo pessoal, tornando-o cada vez mais autêntico. Porque o que renova o visual não são as roupas da vitrine, mas nossas próprias ideias e atitude.

Não tenha medo! E nem se desespere se achar que não tem roupa para ir ao casamento de um amigo, batizado do afilhado ou um simples almoço entre amigas. É claro que o desejo de comprar algo para uma data especial surge – e você pode comprar -, mas se dê a oportunidade de abrir o guarda-roupas – sem julgamentos -, e colocar em cima da cama todas as peças que parecem adequadas ao dress code do evento.

opportunitties

Depois, observe com carinho. Teste até mesmo as combinações mais improváveis e você verá surgir muitas possibilidades na sua frente e um guarda-roupas renovado! Não é feitiçaria, é tecnologia consciência e versatilidade!

Ainda vou vontade de guardar menos coisas do que tenho, mas sei que não serviria para ter um armário-cápsula. Nem tanto, nem tão pouco! Amo cores, misturar estampas e isso traz mais alegria para minha vida! Tenho chegado em um ponto interessante, entre me presentear com boas notícias e valorizar meu passado.

Foi o video abaixo e tudo que tenho experimentado sobre o assunto que me inspirou a conversar um pouco sobre esse tema hoje. Vale a reflexão. 😉


Um grande beijo! ❤

3 comentários sobre “Nem tanto, nem tão pouco

  1. Adorei a sua postagem e o vídeo Amanda. Tenho poucas roupas, considerando o guarda-roupa da maioria das mulheres, ou da mulher comum mesmo.

    Gostei e vou compartilhar esse post. Muito bom!

    :**

Deixe um recadinho

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s